25 de julho de 2012

Por que não somos mais uma Igreja em Célula no Modelo dos Doze.


Existem algumas situações em nossas vidas que tentamos evitá-las a todo custo, principalmente aquelas que nos conduzem a transformações. É óbvio que manter as coisas nos seus devidos lugares e não realizar mudanças necessárias sempre é mais cômodo e tranquilo. Mas, em determinados momentos, Deus nos chama para darmos o próximo passo. Fazer isso significa, acima de tudo, ficar sujeito a oscilações e instabilidades circunstanciais. Não é algo agradável, mas se queremos ser fiéis às convicções que Deus nos dá, precisamos estar abertos para que isso aconteça.
Nesse sentido, como pastores e como igreja local, estamos nos submetendo a um tempo de reformulações e quebra de paradigmas. Isso não começou ontem e nem ao menos é uma decisão unilateral (eu e Elza tomando todas as decisões), mas faz parte de um processo de avaliação realizado continuamente junto aos líderes locais e aos membros da igreja. Isso envolve mudança de identidade, valores e crenças e em última instância, alterações na estrutura funcional da igreja, que já estamos realizando gradativamente. Por isso, desde julho de 2012 (ou seja, este mês), já não nos consideramos mais uma igreja em células no modelo dos doze. Isso não significa que nos julgamos melhores do que aqueles que estão na Visão e também não significa os desprezamos. Significa sim que estamos buscando nossa própria forma de ser igreja, sem nos apartamos dos fundamentos essenciais da fé cristã, é claro! Não queremos reinventar a roda e muito menos achamos que temos uma nova visão que vai revolucionar o mundo, apenas estamos buscando compreender melhor os desígnios de Deus para nós. Sabemos que nessa caminhada erraremos muito, mas também temos a certeza que o Senhor guiará nossos passos e por isso estamos em paz e certos que ele nos abençoará! 

3 comentários:

  1. Deus me deu o luxo de descansar e confiar em qualquer decisão tomada pelos líderes desse Ministério. Não é algo tão radical assim como alguns pensam, é apenas voltar ao evangelho puro e simples...vcs são uma benção!

    ResponderExcluir
  2. Meu estimado pastor Ton, vou ser bem sincero, cedo ou mais tarde isso iria acontecer, até mesmo por conhece-los como conheci e sabendo da dedicação de vocês. Sei que esta decisão foi muito avaliada e principalmente colocada na prova de Deus. Fico feliz por vocês, pois sei que o coração de ambos arde por fazer a vontade de Deus. Meu ponto de vista, guando vcs receberam este ministério em SV já havia uma identidade, mas guando recebemos algo de Deus acaba envolvendo nosso coração em tudo e acredito que onde vcs chegaram é resultado da entrega do Ministério ao Senhorio de Jesus. Acredito que mudanças como estas não foram a primeira e nem serão a última. Mudanças são necessárias para que possamos de fato deixar Deus ser Deus. Ouvi algo nestes dias muito simples, mas que chamou minha Atenção! "Como igreja não podemos nos comportar como um avião no Piloto Automático" Um grande abraço e que Deus continue os abençoando. Sei que o Ágape sempre estará no coração de vcs, pois não haverá qualquer Amor maior que este. Ass. Gil no Amor Ágape Curitiba - PR.

    ResponderExcluir
  3. Meu estimado pastor Ton, vou ser bem sincero, cedo ou mais tarde isso iria acontecer, até mesmo por conhece-los como conheci e sabendo da dedicação de vocês. Sei que esta decisão foi muito avaliada e principalmente colocada na prova de Deus. Fico feliz por vocês, pois sei que o coração de ambos arde por fazer a vontade de Deus. Meu ponto de vista, guando vcs receberam este ministério em SV já havia uma identidade, mas guando recebemos algo de Deus acaba envolvendo nosso coração em tudo e acredito que onde vcs chegaram é resultado da entrega do Ministério ao Senhorio de Jesus. Acredito que mudanças como estas não foram a primeira e nem serão a última. Mudanças são necessárias para que possamos de fato deixar Deus ser Deus. Ouvi algo nestes dias muito simples, mas que chamou minha Atenção! "Como igreja não podemos nos comportar como um avião no Piloto Automático" Um grande abraço e que Deus continue os abençoando. Sei que o Ágape sempre estará no coração de vcs, pois não haverá qualquer Amor maior que este. Ass. Gil no Amor Ágape Curitiba - PR.

    ResponderExcluir