24 de fevereiro de 2012

Fácil, extremamente fácil!

Hoje não sei por que cargas d’água estava ouvindo uma música antiga do Jota Quest chamada Fácil (diga-se de passagem, que musiquinha fuleira!). Nela, tem uma parte que diz assim: “fácil, extremamente fácil, prá você e eu e todo mundo cantar junto”. Esse trecho me fez pensar no tipo de mensagem que temos pregado nos púlpitos de nossas igrejas. Sei lá, parece até que esse trecho dessa música ruim é uma referência ao estilo de vida cristã atual, ou seja, algo fácil prá todo mundo praticar junto, sem ninguém se incomodar e fazer apenas aquilo que lhe der na cabeça.
Isso não me parece em nada com o Evangelho do Mestre dos mestres, que sempre pregou a sublimidade do caminho cristão, deixando claro que o mesmo não era o mais fácil a ser trilhado, chamando-o até mesmo de caminho estreito. Mas para que se preocupar com essas coisas? Prá que ficar falando de morte, renúncia, sofrimento, cruz e outras coisas “chatas” que tanto nos incomodam? Melhor é pregar algo fácil, extremamente fácil, prá você e eu e todo mundo cantar junto, não é mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário